“Estava na prisão e vieste a Mim” (Mt 25, 36).

 

O terceiro serviço pastoral de nossa Fraternidade foi com os presos. Também, aqui, podemos encontrar a mesma dinâmica que nos levou ao encontro daqueles que se encontravam em situação de rua. O uso ativo de drogas e vinculação ao tráfico, arrastou muitos jovens ao sistema carcerário.

 

O trabalho, quase sempre, é realizado em conjunto com a Pastoral Carcerária. A pedagogia consiste na criação de laços de amizade, em momentos de oração e partilha, na preparação e monição da Santa Missa, na preparação para os Sacramentos, na viabilização de algumas necessidades dos presos na área jurídica, da saúde ou familiar.

 

Atuamos em presídios masculinos, femininos e centros de detenção para menores.

 

Por que chamamos Missão São Dimas? Conforme a tradição, Dimas seria o nome do ‘bom ladrão’. O bom ladrão, depois de vacilar (Mt 27,44; Mc 15,32), confessou a própria culpa, reclamou da injustiça contra Aquele que só fez o bem, reconheceu-O como Rei e lhe pediu que se lembrasse dele, quando estivesse no seu Reino.  Foi o primeiro que entrou no céu: “Ainda hoje estarás comigo no Paraíso”. (Lc 23,43). Ele passou a ser popularmente considerado “Padroeiro dos pecadores arrependidos da hora derradeira e dos encarcerados”. Mereceu a honra de ser canonizado ainda em vida pelo próprio Jesus.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

Copyright © 2019 Fraternidade O Caminho | Design e Desenvolvimento Creative Brands