O segundo serviço pastoral de nossa Obra foi com a população em situação de rua. Esse serviço foi uma decorrência lógica do primeiro. Muitos dos jovens que chegavam a nós, com problemas de drogas, já estavam em situação de rua, sobretudo os que eram usuários de crack.

 

Essa missão tem duas frentes de serviços: a ida às ruas, às cracolândias e às periferias e o acolhimento nas nossas casas de passagem. Nisso reside o bom resultado do nosso serviço. Ir aos lugares onde os ‘filhos’ se encontram, favorece a criação de um vínculo de confiança pois, os conhecemos pelos nomes e por suas histórias, além do que, eles sabem que podem contar conosco diante de qualquer situação como, por exemplo, da doença, da violência, da necessidade de atenção pessoal, etc. Isso será um fator decisivo na hora em que ele decidir pedir ajuda para sair do uso ativo da droga e da situação de indigência. Temos muitas histórias de “filhos” que vieram apenas para ter uma morte digna conosco. Um desses casos foi o sr. Jarbas que, já estando hospitalizado na UTI disse: Vivi a vida toda como um bicho, mas agora posso morrer como um filho de Deus.

 

Por que chamamos Missão Anawin? Anawin é uma palavra hebraica, encontrada em muitos textos da Sagrada Escritura. Significa "os pobres de Javé", ou seja, os pobres de Deus. É uma palavra que está no plural. Os pobres são aqueles desprovidos de bens materiais, que experimentam o sofrimento e a injustiça por causa da sua condição de pequenez, fragilidade e dependência. Mas anawin são, principalmente, aqueles que depositam a sua confiança em Deus.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

Copyright © 2019 Fraternidade O Caminho | Design e Desenvolvimento Creative Brands